sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Polícia Cidadã! II

Todas as ações de polícia comunitária devem estar focadas na comunidade.
Passos:
1. Pensar em comunidade - como uma pequena área geográfica com aspectos sociais, econômicos e físicos distintos;
2. Criar vínculos com setores socio-políticos que é imprescindível para uma boa prática;
3. É necessário que o agente esteja constantemente atualizando-se e,  pensando o  comportamento, dos conflitos sociais, portanto, é necessário conhecer hábitos e atitudes de uma pequena comunidade onde o conhecimento é fundamental;
4. Estar comprometido com a filosofia de Polícia Cidadã, junto a comunidade que trabalha é fundamental;
5.Este trabalho deverá ser à longo prazo, portanto, não deve ser e, nunca será exclusivo de alguém - é da Comunidade! É nosso!

Felisberto-Ten Cel
Cmt CRPO-Missões

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Polícia Cidadã!

 O CRPO-Missões possue o seu foco gerencial de trabalho operacional, na filosofia de Polícia Comunitária e, por incrível que pareça, ainda temos Policiais Militares que não sabem bem o que é, e de que se trata esta filosofia! 
 - Alguns pensam que é uma filosofia própria de Comando, outros entendem que é fazer contato com o público e ainda, pasmem... "acham" que Polícia Comunitária é "Participação em Reuniões"... passam a vida toda (realizando), fazendo reuniões, aqui outra ali e vão tocando a vida... no final, olham para trás e vêem que seus resultados de nada adiantou... ora, se não adiantou pra nada... foi enganado, colocou tempo fora, (passou as reuniões enrrolando), pensando estar dentro das ações de Polícia Comunitária! 
 Meus Comandados pensem...Polícia Cidadã: tem por seu norte, o comprometimento e o envolvimento, mostra-se para as comunidades as suas deficiência; bem como, realiza-se o Planejamento Operacional "em conjunto com";...pergunta-se para a Comunidade, como que ela quer que seja;... e a partir daí, nós Gestores adequamos a nossa filosofia aos desejos e anseios dela. Ela precisa saber que Segurança Pública se faz com Participação de Todos"!... a final, não é isso que diz o art. 144CF/88?

Pensem!.....

Felisberto-Ten Cel
Cmt CRPO-Mis
(O nosso foco é a Polícia Cidadã!_

sábado, 22 de setembro de 2012

Polícia Cidadã! _ Bairro São José.

Nesta manhã, no Módulo do B. São José -   líderes   (reunião de praxe).
Sgt Andréia, nesta manhã econtrava-se no turno de serviço.
2o Sgt Silveira e Sgt Andréia passando a chave do Módulo a moradora do Bairro. 
Sr. Maria  participa atuante da vida do Bairro - ajuda a conservar e manter o Módulo limpo.

- Quanto mais a Comunidade participar das atividades de Polícia Cidadã, no seu Bairro, mas confiante estará das soluções dos conflitos!

Sgt Silveira encontra-se de Licença Especial e mesmo assim participa das Reuniões de seu Bairro.
- Parabéns ao Sgt Silveira pelo comprometimento e o envolvimento com a Comunidade!


Felisberto-Ten Cel
Cmt CRPO-Mis
( O nosso foco é a Polícia Cidadã!)



Visita ao Sr Prefeito Municipal de Cerro Largo.

Em 28.Set - estive em visita ao Cmt do Pelotão de Cerro Largo - 1oTen Ramme que desenvolve um excelente Policiamento Comunitário na cidade. Logo após compareceu o Prefeito Municipal, Sr. Adair José Trott.
 - O nosso agradecimento em apoiar-nos, nesta árdua missão de manter a Segurança Pública sob controle.
Ao Prefeito Municiapl Sr. Adair e ao Maj Pithon, meu agradecimento e votos de sucesso profissional.

Felisberto-Ten Cel
Cmt CRPO-Mis
(O nosso foco é a Polícia Cidadã!)

Joao de Barro assiste desfile de 20 Set.

De sua suite residencial no nosso Amigo assiste o desfile  militar.

Bem próximo ao Palanque Oficial, na Praça, O Sr. João de Barro observa o que acontece a sua volta. 
         -  Este faz parte de "Nossas Riquezas".

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Desfile - 20 Set. 2012

Em revista à tropa, no dia 20 set, na rua Marechal Floriano, em Santo Angelo.

Exmo. Sr. Prefeito Municipal - Eduardo Debacco Loureiro, em revista à tropa.

Cap. Walter, Comandante da tropa que desfilou, no dia 20. Set.

Cap Walter com sua Guarda de Honra.







Escola Tiradentes de Santo Angelo, participando do desfile militar.

 A garbosidade dos alunos, no desfile.

Nota-se o alinhamento, de quem sabe o que quer, em um futuro próximo.

Escola Tiradentes da BM -" orgulho nosso". Diretor da Escola Cap. Spagnol.


Pelotão Feminino do CRPO-Missões, Comandado pela 1oTen Teloken.

Palanque Oficial na Praça Pinheiro Machado, em Santo Angelo., no dia 20 Set.

Desfile do POE do 7oRPMon - Comandado pelo 1o Ten Monteiro.

Desfile das Vtr do CRPO-Missões.




Desfile do Pelotão Hipo do 7o RPMon

"Onde houver um cavalo sempre haverá uma cavalaria" - 7 RPmon - Parabéns aos participantes do desfile de 20 setembro.

Encerramento do desfile de 20 Setembro.

Extinção da Chama Crioula na Praça Pinheiro Machado, pelo Sr. Prefeito Municipal.

Discurso de encerramento.

O Comando do CRPO-Missões agrade a todos que participaram da Semana Farroupilha, em todos os municípios, de nossa Região, o meu especial reconhecimento aos nossos valorosos policiais militares que abrilhantaram o desfile, bem como a nossa Comunidade santo-angelense, que sabe valorizar as "Nossas Riquezas". 
                    Um até breve!

Felisberto-Ten Cel
Cmt CRPO-Mis
(O nosso foco é a Polícia Cidadã!)

















quarta-feira, 19 de setembro de 2012

O que foi a REVOLUÇÃO FARROUPILHA.

 - Demarcada como uma das mais extensas rebeliões deflagradas no Brasil, a Rev. Farropilha contou com uma série de fatores responsáveis por esse conflito que desafiou as Autoridades Imperiais. Naquele período em 1835, a insatisfação junto às política imperiais e a proximidade  das jovens repúblicas latino-americanas demarcaram o contexto inicial do conflito.
- Ao longo da história econômica da Região Sul, a pecuária tornou-se um dos principais focos da economia gaúcha. Ao longo do processo de diversificação das atividades econômicas do país, os estancieiros (fazendeiros) sulistas tornaram-se os principais produtores de charque do Brasil. Esse produto devido sua importância nos hábitos alimentares da população e seu longo período de conservação, articulava a economia agropecuária sulista com as regiões Sudeste e Centro-Oeste do País.
- Durante o Primeiro Reinado e Regência, vários impostos impediram a ampliação dos lucros dos fazendeiros sulistas, em consequência do encarecimento do preço final do charque gaúcho. Não bastando os entraves tributários, a concorrência comercial dos produtos da região platina colocou a economia pecuarista gaúcha em uma situação insustentável. Buscando acordo com o Governo Central, os estacieiros gaúchos exigiam a tomada de medidas governamentais que pelo menos garantissem o monopólio sulista sob o comércio do charque.
 - Em 1836, inconformados com o descaso das autoridades imperiais, um grupo liderado por por Bento Gonçalves exigiu a renúncia do presidente da Província do RS. Em resposta à invasão feita na cidade de POA, um grupo de defensores do poder Imperial, também conhecidos como Chimangos, conseguiu controlar a situação em junho daquele mesmo ano. Logo após a batalha do Seival, em Set. de 1836, os Revolucionários venceram as tropas Imperiais e proclamaram a fundação da República de Piratini ou República Rio-Grandense.
 - Com a expansão do Mov. Republicano surgiram novas lideranças revolucionárias na Região de Santa Catarina, sob a liderança deGuiseppe Garibaldi e David Canabarro, fou fundada a Rep. Juliana que deveria confederar-se à República Rio-Grandense. Dessa vez, melhor preparadas, as tropas Imperiais conseguiram fazer frente aos revoltosos que, devido à participação popular ficaram conhecidos como farrapos. Sob a liderança do Barão de Caxias, as foeças Imperiais tentaram instituir a repressão ao movimento.
 Mesmo não conseguindo aniquilar definitivamente a revolta, o Governo Imperial valeu-se da crise econômica instaurada na região para buscar uma trégua. Cedendo às exigências dos revolucionários, o Governo finalmente estabeleceu o aumento das taxas alfandegárias sobre o charque estrangeiro. A partir daí, Duque de Caxias iniciou os diálogos que deram fim ao movimento separatista.
 - Em 1844, depois da derrota farroupilha na batalha de Porongos, um grupo de líderes separatistas foi enviado à capital federal para dar início às negociações de paz. Após várias reuniões, estabeleceram os termos do Convênio do Poncho Verde, em março de 1845. Com a assinatura do acordo foi concedida anistia geral aos revoltosos, o saneamento das dívidas dos governos revolucionários e a libertação dos escravos que participaram da Revolução.
- A epopéia da Rev. Farroupilha, que durou quase dez anos, criou grandes heróis, mitos e símbolos; os ideais e sentimentos enexprimíveis dos revoltosos farroupilhas conitinuam presentes e expressos nos símbolos do Estado do RS, constituídos pelo título "República-Rio-Grandense", e o lema "liberdade, igualdade e humanidade". (dentro de uma nação brasileira).
- Portanto, gaúchos e gaúchas "sirvam nossas façanhas de modelo a toda terra..."

Felisberto-Ten Cel
Cmt CRPO-Mis
(O nosso foco é a Polícia Cidadã!)

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

'Aberta a Semana Farroupilha" em Santo Angelo!

Espaço: A praça Pinheiro Machado, local onde foi realizado o Cerimonial de abertura dos festejos da Semana Farroupilha.


                                    Ao fundo a nossa maravilhosa Igreja de Santo Angelo.

O nosso Prefeito Municipal, Sr. Eduardo Debacco Loureiro, fazendo a sua locução de abertura.

Hasteamento dos Pavilhões (Simbolos)

Prefeito Municipal recebendo a centelha da chama Crioula  e realizando o acendimento do Pira, que ficará ardendo até o dia 20 de set.12.

Leitura do tema da Semana Farroupilha: "Nossas Riquezas".


 E, por último a presentação de danças folclóricas realizadas por entidades tradicionalistas locais.

" O Comando do CRPO-Missões deseja a todos Gaúchos e Gaúchas uma excelente Semana Farroupilha", que com este espírito gaúcho consigam valorizar e reverenciar as "Nossas Riquezas".

Felisberto-Ten Cel
Cmt CRPO-Mis
(O nosso foco é a Polícia Cidadã!)



Integração de Órgãos de Governo.

Meu agradecimento Especial ao Sr.Adelino Jacó Seibert, Coordenador Regional de Educação, bem como a Sra. Tânia Santiago - Coordenadora Adjunta.
" Somos sabedores de que "A EDUCAÇÃO E SEGURANÇA PÚBLICA" são hoje áreas que necessitam de maior atenção, principalmente, quando  sabe-se que o CAMINHO A SER PERCORRIDO - requer VOCAÇÃO - DEDICAÇÃO e SABERES! A tarefa é árdua, mas para DEUS nada é impossível!Vamos em frente! Um grande abraço à todos e, que Deus, nos ajude nesta caminhada terrena!

Felisberto-Ten Cel
Cmt CRPO-Mis
(O nosso foco é a Polícia Cidadã!)

Encontro dos Diretores dos Órgãos de Governo, no CRPO-Misssões. Conquistas do Orçamento Participativo.

Palestra sobre Segurança Pública para Diretores dos Orgãos de Gov. do Estado. O objetivo da exposição era mostrar o trabalho que o CRPO-Mis vem atuando nos 32 municípios da Região, em especial a Policiamento Comunitário.
Estiveram no encontro as seguintes Órgãos:
-Sr. Adelmo Fonseca - Coordenador Regional do PT;
- Sr. João Fioravante - Coordenador Regional da Participação Popular
- Sr. Adelino Jacó Seibert - Coordenador Regional de Educação, juntamente com a SraTânia Santiago, Vice-Coordenadora da Educação;
- Sr. Irinei Kock - Delegado Regional da SUSEPE;
- Sr. Sandro réus - Corsan, de São Luiz Gonzaga;
- Sr. Nelson Werlang; Diretor do Presídio de Santo Angelo;
- Sr. Dalmir Eich; diretor do Instituto Penal de Santo Angelo;
- Sr. Felipe Molinar -  Instituto Geral de Perícias;
- Sra. Maria Dolores. PROCERGS;
- Sr. Dalmir Ledur - Diretor da FASE;
- Maj Hasadias - Ch do EM do CRPO-Missões;
-Sgt Rutili - do GPM da Polícia Rodoviária Estadual de S.Ang;
- Sgt Timóteo - do GPAM de S. Angelo.






Apresentou também o Sgt Rutili (do Grupo da Polícia Rodoviária de Santo Angelo) mostrando o trabalho desenvolvido na malha rodoviária Estadual de sua abrangência.


Esteve presente no ato o Sgt Timóteo, do Grupo de Polícia Ambiental, de Santo Angelo, mostrando o trabalho na área ambiental.

Fez o uso da palavra a Sra. Tânia Santiago, Vice-Coordenadora de Educação, em Santo Angelo, elogiando o trabalho dos policiais comunitários do CRPO-Mis.





Sr. João Fioravante - Coordenador Regional da Participação Popular mostrou o trabalho do COREDE-MISSÕES.




 Fez o uso da palavra o Sr.Ireneu Kock, Delegado Regional da SUSEPE, falando da Integração com os Policiais Militares da nossa Região.


Após o evento foi servido um almoço de integração, no Galpão Crioulo, do 7RPMon.


Policiais Militares do CRPO-Mis o meu agradecimento pelo trabalho que vem desenvolvendo junto ao nosso CRPO-Mis.

 Participaram do almoço os seguintes Oficiais: Maj Hasadias,(Ch EM); Cap Brum, do 14BPM e, Ten Teloken(P3), a todos o meu agradecimento pela presença, neste trabalho que é de todos!

Aos nossos valorosos policiais militares - lembrem-se: " Tudo que fizeres com amor e dedicação, com certeza não estará fazendo apenas para o Comando, mas principalmente, para a nossa sociedade!"
Felisberto-Ten Cel
Cmt CRPO-Mis
(O nosso foco é a Polícia Ciadã!)









quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Polícia Cidadã! O que é?

Este termo nos remonta à filosofia e às estratégias voltadas para a parceria entre a população e as Instituições de Segurança Pública.
 - A ideia original é de que tanto os órgãos de governamentais quanto a polulação atuem conjuntamente na identificação, priorização e soluções de conflitos que afetam a Segurança Pública. Teoricamente estes problemas vão além do crime.
- Cada Região possui características próprias devido à cultura adquirida em cada uma delas, o que parece poder influenciar diretamente na relação polícia  e comunidade.
- Sendo assim, é necessário dar a cada uma delas um tratamento diferenciado dentro das ações de Polícia Cidadã existentes, fato este, que está intimamente ligado a descentralização do Comando, ao aumento da responsabilização das comunidades locais, a organização da prevenção do crime com base na comunidade e a reorientação das atividades de patrulhamento para enfatizar os serviços não-emergenciais.
- Portanto, as ações de Polícia Cidadã, nas cidades de Ijuí - Santo Angelo e São Luiz Gonzaga devem ser traçadas com base na cultura local, desejos e anseios de cada comunidade, (todas são diferentes), verificando os conflitos sociais existentes, nos Bairros, pois não existe uma fórmula única para todos.
- Cada Comandante deve pensar, em conjunto - os problemas existentes e traçarem metodologias de como solucioná-los ou minimizá-los os conflitos sociais.
- Pensem!

Felisberto-Ten Cel
Cmt CRPO-Mis
(O nosso foco é a Polícia Cidadã)

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Dê sua Contribuição Pessoal!

Faça sua Contribuição Pessoal.

   - Ao mesmo tempo em que é importante delegar tarefas e envolver os demais, não subestime as contribuições que você mesmo pode fazer. Seja um exemplo de abertura às mudanças e  esteja pronto para dar sugestões aos superiores ou à equipe. As mudanças causam apreensão, mas também constituem uma oportunidade para crescer: Conforme as pessoas avançam - das idéias para a implementação da mudança, você será o apoio e a fonte de informação para todos.

- Portanto, ao pensar, agir e implementar qualquer mudança, no seu Bairro - ouça a quem vai receber os benefícios. 
 - Policiamento Comunitário se faz com participação de todos - não de um apenas!
Pense nisso..!

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

1o Ten Rogério de Augusto Pestana - em evento no Rio de Janeiro.







Qua, 05 de Setembro de 2012
O 1oTenente Celso Rogério Cardoso Silva foi um dos sete PMs do Rio Grande do Sul que participaram do Iº Encontro Técnico Internacional do PROERD, realizado na cidade do Rio de Janeiro, no mês passado.
Na semana passada, última do mês de agosto, foi realizado no hotel Rio’s Presidente, na cidade do Rio de Janeiro, o Iº Encontro Técnico Internacional do PROERD (Programa Educacional de Resistência as Drogas).
O encontro teve a participação de delegações de policiais militares (PMs) dos 26 estados do Brasil e do Distrito Federal.
Na delegação gaúcha, chefiada pelo coordenador do PROERD no Rio Grande do Sul, Major Ney Humberto Fagundes, esteve presente o 1º tenente Celso Rogério Cardoso Silva, Comandante da Unidade da Brigada Militar de Augusto Pestana e instrutor e Mentor do Programa.
No Encontro foram ministradas palestras referentes às três frentes de combate as drogas; a prevenção, o tratamento aos usuários e a repressão ao comércio de entorpecentes.
O pesquisador doutor Michael Hecth e o facilitador Bobby Robinson, que atuam na coordenação das atividades do PROERD para a América, falaram da prevenção.
A questão do tratamento de usuários foi tratada pelo tenente coronel da Policia Militar do Rio de Janeiro (atuou na comissão de Direitos Humanos da ONU e mediação de conflitos) e pelo psicólogo Içami Tiba (renomado profissional, referencial brasileiro na área de psicologia, com diversas obras publicadas).
O Encontro contou também com a importante participação dos palestrantes; Roberto Cavalcanti Vianna, Coronel Rogério Seabra Martins (PM que integrou Missão de Paz na Guatemala e atualmente coordena as 27 Unidades de Polícia Pacificadora (UPP) do Rio de Janeiro), e Alexander Toth (oficial da Polícia Militar Americana que compõe o Drug Enforcement Administration - D.E.A,).
Durante as atividades práticas, os participantes visitaram as UPPs de Santa Marta, Cidade de Deus e Andaraí. Também conheceram as instalações do BOPE (Batalhão de Operações Especiais) e interagiram com integrantes de centros de recuperação e demais responsáveis pela integração social de moradores da comunidades visitadas.
Deste encontro e interação, os representantes da Brigada Militar busam multiplicar o conhecimento obtido em suas cidades e regiões para melhor combater este problema que ocorre também em nosso Estado.
O Comando do CRPO-Missões parabeniza o Oficial e deseja sucesso no trabalho que ora vem desempenhando frente ao Município de Augusto Pestana.

Felisberto-Ten Cel
Cmt CRPO-Mis
(O nosso foco é a Polícia C idadã!)

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Aprender - Mudança de Hábito!

" AQUILO QUE VOCÊ MAIS SABE ENSINAR É O VOCÊ MAIS PRECISA SABER!" (Richard Bach)

 Portanto, se você já sabe como deve a Polícia agir com a COMUNIDADE está na hora de você redescobri-lá!
Pense nisso!

(O nosso foco é a Polícia Cidadã!)

O USO DO CINTO DE SEGURANÇA - SALVA VIDAS!

- O cinto de segurança é um dispositivo de defesa dos ocupantes de um meio de transporte. O mesmo serve para, em caso de colisão, não permitir a projeção do passageiro para fora do veículo e nem que este bata com a cabeça contra o para-brisas ou outras partes duras do veículo. O cinto de segurança é obrigatório em aviões e veículos com motores, excepto motos, em quase todos os países do mundo.
- Muitas pessoas não gostam de usar o cinto de segurança por achar que é incômodo ou por medo de ficar presas em caso de acidente. Mas o alto valor das multas para quem não usa cinto de segurança (hoje até 500 euros em Portugal, cerca de 150 reais no Brasil) incentiva o uso. Estatísticas demonstram que o uso do cinto de segurança reduz tanto a gravidade dos acidentes quanto a ocorrência de ferimentos.
- Originalmente, os cintos de segurança envolviam apenas o abdômen do usuário, permitindo assim que o tronco fosse projetado para a frente no momento da desaceleração. Aperfeiçoados, os equipamentos modernos (chamados de cintos de segurança de três pontos) cruzam o peito do usuário, proporcionando-lhe maior segurança. Contudo, no banco de trás da maioria dos veículos os cintos ainda são do modelo antigo - e por isso frequentemente são desprezados. Isto é um erro, porque em caso de acidente os ocupantes de trás sempre são projetados para a frente, ferindo-se e pondo em maior risco a integridade dos ocupantes dos assentos dianteiros.
- Em certos modelos de automóveis modernos, uma campainha soa ininterruptamente enquanto os cintos de segurança não forem afivelados, obrigando os ocupantes do veículo a usá-los.
- Mas o mais imprescionante é ver Policiais Militares, em serviço de patrulhamento motorizado não usando o cinto de segurança. - Como a sociedade os vêem? será que não fazem aquela perguntinha - por quê só eu não uso? será que o Estado tem o direito de andar errado no trãnsito?

Pensem!!

Felisberto-Ten Cel
Cmt CRPO-Mis

(O nosso foco é a Polícia Cidadã!)

Mensagem: "Conselhos Africanos"

Mensagem do Dia: 
       " SE VOCÊ NÃO SABE PARA ONDE ESTÁ INDO, OLHE PARA TRÁS E VEJA, AO MENOS, DE ONDE VOCÊ VEIO". (Conselhos que os sábios africanos dão a quem perde o rumo na imensa savana da vida).

   Assim, podemos pensar a respeito do "Policiamento Comunitário", se não está dando certo reveja os caminhos percorridos".

  Mas em consonância com este pensamento, é importante também " as ações e as atitudes".

Felisberto-Ten Cel
Cmt CRPO-Missões
(O nosso foco é a Polícia Cidadã!)

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Sd Callegaro do CRPO-Missões busca novas oportunidades!

Sd Callegaro recebeu do Comando da BM a Medalha de Serviços Distintos, este Comando teve a honra de fazer-lhe a entrega de tão merecida distinção.

A Sd Callegaro trabalhava, na Seção de Justiça do CRPO-Mis; sim, trabalhava, pois foi aprovada no Concurso da Polícia Civil e está nos deixando. Parabéns por buscar novas oportunidades - perdemos uma profissional mas temos a certeza de que deixa uma imagem de uma profissional competente e, como todo ser humano, sempre pensando alto!
Sd Callegaro sucesso na vida e, que Deus te ilumine na nova missão!

Felisberto-Ten Cel
Cmt CRPO-Missões

(O nosso foco é a Polícia Cidadã!)