sexta-feira, 26 de outubro de 2012

REFORMA E MODERNIZAÇÃO TECNOLÓGICA DA SALA DE OPERAÇÕES DA BRIGADA MILITAR

             
Com a presença do Comandante Geral da Brigada Militar, Coronel Sérgio Roberto de Abreu, nesta data o 7º RPMon apresentou a um distinto grupo de autoridades e comunidade em geral sua nova sala de operações, a qual passou por reforma e foram adquiridos novos equipamentos e ferramentas de gestão para a qualificação do serviço público.
O espaço passou a contar com modernas instalações e equipamentos de ponta que colocam Santo Ângelo em destaque. O projeto começou com a implantação gradual do sistema de gerenciamento através da tecnologia GPS, sendo que desde julho a unidade vem trabalhando em caráter experimental com esta tecnologia inovadora.
O Comando do 7º RPMon  buscou na experiência bem sucedida de outras unidades da Brigada Militar a tecnologia de monitoramento das viaturas policiais através do GPS. Municípios como Lajeado, Santa Rosa e mais recentemente São Luiz Gonzaga já contam com esta tecnologia e estão colhendo bons resultados.
Um grupo de oficiais da Brigada Militar de Santo Ângelo visitou Lajeado, onde desde 2010 a tecnologia vem sendo empregada e de onde vários comandos têm buscado conhecimento. Atualmente mais de 150 municípios têm suas viaturas rastreadas e monitoradas.
Através do Grupo de Apoio à Brigada (GAB) foi firmado contrato com uma empresa pioneira em soluções de gestão de segurança pública.
O sistema tem como principal objetivo a possibilidade de localização precisa das viaturas em tempo real para casos de patrulhamentos, perseguições e cercos policiais, podendo ganhar preciosos segundos em deslocamento para a ocorrência.
Convém ressaltar que uma preocupação do Comando é o fato de uma empresa civil, de fora da corporação teria o acesso a estas informações. Esta questão foi resolvida com a instalação de um servidor próprio no prédio do Comando Geral da Brigada Militar, mantido pelos responsáveis policiais militares do Departamento de Informática da BM. Consequentemente a empresa prestadora do serviço não tem acesso ao sistema.
Outra importante funcionalidade do sistema é a de gerar vários tipos de relatórios, que possibilitam tomar decisões e definir planejamentos setorizados, tempo de patrulhamento, cruzando estes dados com a localização e a incidência das ocorrências.
Para ilustrar, os resultados obtidos com esta gestão em Lajeado são expressivos:
• Redução em 30% no consumo de combustível;
• Redução em 30% em manutenção de viaturas;
• Redução em 95% dos sinistros;
• Aumento de área e tempo de patrulhamento. Por exemplo, em nove meses com o uso do sistema em determinado local, com 70 viaturas, foram gastos 27.000 litros de combustível a menos foram rodados 270.000 quilômetros a mais do que no mesmo período anterior.

FUNCIONALIDADES DO SISTEMA DE GESTÃO E MONITORAMENTO

• Uso de equipamentos homologados pela Anatel, tanto equipamentos fixos instalados nos veículos, como equipamentos móveis, utilizados, por exemplo, para o policiamento a pé, de bicicletas ou montado;
• O sistema utiliza mapas digitais e imagens de satélite para o acompanhamento dos veículos em tempo real. A Localização é muito precisa (margem de erro máxima de 10 metros);
• Cerca eletrônica. É a possibilidade de delimitar locais de atuação dos veículos. Esta ferramenta também é chamada de área de atuação, onde os gestores definem e criam ilimitadamente áreas de atuação para determinada viatura.
• Relatório de cercas. Esta função mostra quanto tempo a viatura permaneceu dentro de determinada cerca eletrônica, pode ser aplicada para cálculo de permanência em um cruzamento, em áreas escolares, bancárias, no patrulhamento rural, etc.
• Limite de velocidade, funcionalidade para limitar a velocidade máxima. Toda vez que o veículo ultrapassar esta velocidade, os gestores recebem uma mensagem em tempo real informando o fato.
Todas as informações ficam armazenadas no sistema e acessíveis para consulta a qualquer tempo.
            A implantação deste sistema de gestão em Santo Ângelo foi projetada em fases, sendo que a primeira fase (concluída) abrange as viaturas operacionais de Santo Ângelo, Cerro Largo, Salvador das Missões e Ubiretama. Convém destacar que está em fase de instalação: Entre-Ijuís e em testes São Miguel das Missões,
A meta do comando, segundo o Major Pinton, Cmt do 7ºRPMon é de até 31 dezembro todas as 11 cidades da área de circunscrição operacional do 7º RPMon contem com este sistema.
            Também merece destaque outro sistema implantando, a gravação das ligações do telefone 190. Com esta ferramenta todo telefonema ao 190 é gravado e tem seu número identificado, sendo armazenado digitalmente, o que dá transparência e qualidade ao atendimento ao público.
            Para a modernização da sala de operações da BM. foram investidos cerca de 23 mil reais na compra de equipamentos, restauração de espaço físico e aquisição de mobiliário.
            Por fim, merece destaque o apoio do Poder Judiciário e do Ministério Público Estadual no repasse de recursos através das transações penais e a parceria da FUNDIMISA, empresa que patrocinou o sistema de GPS. Estas parcerias foram fundamentais para a modernização da sala de Operações do 7º RPMOn proporcionando a aquisição de importantes ferramentas de gestão de segurança pública em nossa cidade.

“O nosso foco é a Polícia Cidadã”
 







Nenhum comentário:

Postar um comentário