quinta-feira, 18 de julho de 2013

Jornada Mundial da Juventude - Dicas de Segurança

JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE
Rio de Janeiro, Brasil, de 23 a 28 de julho de 2013

A Jornada Mundial da Juventude, que se realiza anualmente nas dioceses de todo o mundo, prevê a cada 2 ou 3 anos um encontro internacional dos jovens com o Papa, que dura aproximadamente uma semana. A última edição internacional da JMJ foi realizada em agosto de 2011, na cidade de Madri, na Espanha, e reuniu mais de 190 países.
         A XXVIII Jornada Mundial da Juventude será realizada de 23 a 28 de julho de 2013 na cidade do Rio de Janeiro e tem como lema “Ide e fazei discípulos entre todas as nações” (Mt 28, 19).
        Conforme informações recebidas pela MJ/SESGE, concernentes à estimativa de impacto “Jornada Mundial da Juventude no estado do Rio Grande do Sul”, segue abaixo as seguintes estimativas:

1.   Estimativa de inscritos:
- 36.000 argentinos;
- 4.000 uruguaios;
- 10.000 gaúchos.

2.   Tipo de transporte:
- 65% de ônibus fretado (810 ônibus);
- 25% avião;
- 10% outros (ônibus regular, particular, não informado)

3.   Semana missionária:
- 6.000 argentinos e 700 uruguaios devem participar da Semana Missionária, em sua maioria no RJ e SP, ou seja, 17% do total irão se deslocar uma semana antes do evento.
- O Rio Grande do Sul deve receber no máximo 3.000 pessoas para a Semana Missionária.

4.   Deslocamento terrestre no RS:
- 100% dos ônibus e 80% dos ônibus argentinos devem cruzar as estradas sul-rio-grandenses.
Distribuição da entrada no RS de ônibus fretados – JMJ 2013
Dias
Porcentagem
Quantidade
14 a 19 Jul
17%
120
20 a 22 Jul
49%
345
23 a 25 Jul
34%
250

5.   Principais pontos de entrada no RS:
- São Borja;
- Uruguaiana;
- Santana do Livramento;
- Jaguarão.

Obs.: A previsão é de que o ponto de entrada mais movimentado, Uruguaiana, receba no máximo 100 ônibus no dia de pico, 21 de julho, totalizando 4.000 pessoas num único dia.

Devido ao grande número de ônibus e turistas que poderão circular pela área territorial do Comando Regional de Polícia Ostensiva Missões, segue abaixo algumas dicas de segurança no trânsito e para os turistas:

DICAS DE SEGURANÇA NO TRÂNSITO

- Automóveis, ônibus e veículos de carga

 - Respeite as leis e a sinalização de trânsito. E acima de tudo respeite a vida;
- Mantenha seu veículo sempre em boas condições de uso e circulação, fazendo periodicamente a revisão de 1º escalão dos equipamentos obrigatório;
- Use sempre o cinto de segurança, você e os demais ocupantes do seu veículo;
- Em caso de chuva ou forte cerração, reduza a velocidade, acenda os faróis e redobre a atenção;
- Nunca pare ou estacione seu veículo no leito da via, em locais proibidos pela sinalização de trânsito ou locais de grave risco de acidente;
- Ao dirigir, não consuma bebidas alcoólicas ou substâncias entorpecentes, elas reduzem os reflexos e prejudicam a coordenação motora, aumentando assim o risco de acidentes;
- Respeite a preferência dos demais usuários das vias, lembrando que o veículo maior é responsável pelo menor e todos são responsáveis pelo pedestre;
- Antes de sair, verifique além dos equipamentos obrigatórios do veículo, os documentos de porte obrigatório, para evitar maiores transtornos;
- Estabeleça, antes de sair, um itinerário para o seu deslocamento, considerando as condições do tempo, o horário, a via, e possíveis alterações no fluxo normal do trânsito, para que você tenha um deslocamento tranqüilo e seguro, levando em conta o seu bem estar e não a sua pressa;
- Evite paradas ou percursos em e por lugares ermos e menos movimentados;
- Não aceite ajuda de estranhos, sobretudo em pontos de parada longe das rodovias prioritárias;
- Em caso de pane veicular, acidente ou mal-estar, solicite apoio da Brigada Militar ou Polícia Rodoviária Militar;
- Se possível viaje durante o dia e em grupos.

- Uso do cinto de segurança

Embora todos saibam da obrigatoriedade e importância do uso do cinto de segurança, ainda há uma questão que os motoristas esquecem: o uso do cinto de segurança no banco de trás. Em caso de colisão frontal, os passageiros que viajam no banco de trás ganham com a velocidade um peso muito maior do que aquele correspondente a sua massa corporal.
 - Instale assentos especiais para crianças.

DICAS DE SEGURANÇA PARA TURISTAS

- Como agir: passeando pela região das Missões

Quando estiver circulando pelas ruas:
- Evite carregar grandes quantias de dinheiro, objetos de valor ou vários cartões de crédito. Porte somente o necessário, tanto em termos de documentos como quantias em dinheiro;
- O uso de jóias, relógios de luxo, braceletes, correntes de ouro, medalhas, costuma atrair a atenção de delinqüentes;
- Não use carteiras nos bolsos traseiros que estejam muito folgados. Use-as nos bolsos da frente;
- Caminhe pelo centro da calçada e em sentido contrário ao fluxo de veículos. Você terá mais chances de observar a aproximação de veículos suspeitos. Evite dobrar nas esquinas, junto dos muros. Procure o centro da calçada;
- Se desconfiar que está sendo seguido, atravesse a rua várias vezes mudando de lado e entre em algum estabelecimento para pedir ajuda;
- Não circule em locais ermos e por ruas ou praças mal iluminadas.

- Como agir: saques em caixas eletrônicos

Quando for realizar saques em bancos ou caixas eletrônicos:
- Evite conversar com pessoas estranhas dentro ou logo após a saída do banco ou caixa eletrônico;
- Ao sair do estabelecimento, olhe para todas as direções e verifique se não tem ninguém seguindo você;
- Quando for realizar depósitos, proteja bem os cheques ou o dinheiro;
- Nunca revele sua senha para terceiros. Atente para “falsos” funcionários que lhe ofereçam auxílio junto aos terminais;
- Evite locais e horários de maior risco. Caixas eletrônicos afastados, naturalmente, se transformam em locais de risco;
- Tente não sacar grandes quantidades de dinheiro.

- Como agir em caso de furto ou roubo

- Evite sempre reagir. Não havendo reação, as chances de violência na vítima são minimizadas;
- Se a família estiver junto, mantenha a calma, não grite e tente acalmar os que estão mais nervosos;
- Não faça gestos ou movimentos bruscos que possam ser confundidos como uma reação de sua parte;
- Nunca duvide de que a arma utilizada pelo assaltante não seja verdadeira ou não esteja carregada;
 - Via de regra, os assaltantes atuam sob o efeito de entorpecentes. Por isso, normalmente encontram-se furiosos, nervosos e alterados;
- Não se desespere e procure manter a calma, dialogando cordialmente com os assaltantes. Isto amenizará a fúria e ajudará também a acalmar o assaltante. Obedeça às exigências do sequestrador;
- Procure guardar todas as características dos assaltantes (roupas, cor de cabelos e pele, tatuagens, objetos utilizados) para poder repassar à Polícia todos os detalhes necessários;
- Caso utilizem veículos para cometerem o assalto, tente memorizar marca, modelo, placas, cor e outros detalhes para repassar à Polícia;
- É muito comum a Polícia quando acionada, não possuir os dados necessários para proceder nas buscas ou efetuar as barreiras nas estradas, visando recuperar a vítima e/ou o veículo;
- Informações desencontradas tornam a ação dos policiais dificultada e perigosa, para ambas as partes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário