sexta-feira, 23 de maio de 2014

REUNIÃO COM LIDERANÇAS LOCAIS E REGIONAIS SOBRE ENAFRON


Visando incluir o município de Santo Ângelo nos projetos estruturantes do Plano Estratégico Nacional de Segurança Pública nas Fronteiras, instituído pelo governo federal, a Câmara de Vereadores sediou nesta quinta-feira, dia 22, reunião com diversas entidades locais e regionais.
As lideranças trabalharam pela inclusão de Santo Ângelo nos projetos do "ENAFRON" esta medida possibilitará o fortalecimento da estrutura da Brigada Militar e dos órgãos da segurança pública nas ações de prevenção, controle, fiscalização e repressão dos delitos transfronteiriços. 
Os trabalhos foram conduzidos pelo Presidente do Legislativo Municipal, Diomar Formenton (PT) e pelo Comandante do CRPO – Missões, Tenente Coronel Clainton Rui da Costa Portilho.
          O Plano tem por objetivo a integração de ações dos órgãos da segurança pública entre a União, Estados e Municípios situados na faixa de fronteiras. Conforme explicou o Comandante, a intenção é incluir o município de Santo Ângelo, buscando, assim, o fortalecimento da estrutura da Brigada Militar do 7º RPMon e das ações de prevenção, controle, fiscalização e repressão dos delitos transfronteiriços registrados na região.
         O projeto possibilita investimentos em áreas como a operacional e a de inteligência, viabilizando a aquisição de equipamentos, veículos, sistemas de radiocomunicação e informática, além de cursos de capacitação.
         Para o Presidente do Legislativo Municipal, a ação servirá para reduzir os índices de criminalidade e garantir a melhoria da segurança da população em geral. “Precisamos pensar a segurança de uma maneira genérica, pois acreditamos que essa seja a maneira de realmente diminuir a criminalidade em todas as comunidades da região”, afirmou.
         Representantes de diversas entidades participam do encontro, tais como: Sindilojas, Sindicato Municipal dos Trabalhadores da Saúde, Instituto Federal Farroupilha, Departamento Municipal de Trânsito, Receita Federal, Secretaria Municipal de Saúde, 12ª Coordenadoria Regional de saúde, 14ª Coordenadoria Regional de Educação e Sociedade dos Engenheiros e Arquitetos de Santo Ângelo.

Plano Estratégico de Fronteiras
O que é?
O Plano Estratégico de Fronteiras reúne ações destinadas ao fortalecimento da prevenção, controle, fiscalização e repressão dos delitos transfronteiriços, por meio da atuação integrada dos órgãos de segurança pública, da Secretaria da Receita Federal do Brasil e das Forças Armadas.

Para que serve?
          Ações de integração federativa entre a União e os estados e municípios situados em regiões de fronteira
Implementação de projetos estruturantes para o fortalecimento da presença estatal na região de fronteira
Fortalecimento das instituições de segurança pública para atuação em fronteiras (Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Força Nacional e órgãos estatais de segurança pública)


Nenhum comentário:

Postar um comentário